Wednesday, December 13, 2006

Mais outra vítima da política da não-transfusão

Desta vez ocorreu em Santa Catarina. Uma moça de 19 anos, com leucemia, assinou termo de responsabilidade, e recusou transfusão de sangue. O caso envolveu a médica Testemunha de Jeová que é referência no Brasil no tratamento alternativo ao sangue - Zelita da Silva Souza.

Matéria completa do jornal "A Notícia" de Joinville.
http://an.uol.com.br/2006/dez/13/0des.jsp

1 Comments:

Blogger WMagalhaes said...

Acho extremamente triste e pesaroso que ainda haja pessoas morrendo, desnecessariamente, por motivo de crenças e interpretações equivocadas.
Queo também oferecer minha solidariedade à autora do blog, pela injustiça a que foi submetida. Penso, porém, às vezes que sua saída pode ter se tornado "um mal que veio para bem". Espero que a verdade da sua história prevaleça e que mais e mais testemunhas conheçam as verdadeiras práticas e ensinos errôneos praticados hoje e ao longo da história pela auto-entitulada "Organização de Jeová".

Quanto à moça que morreu, a consciência dela pelo menos não pesou tanto quanto pesará a dos que a enganaram, levando-a a uma morte totalmente desnecessária, na minha opinião. Tenho certeza que essa prática tem seus dias contados assim como tiveram os transplantes e as vacinas, proibidos e posteriormente liberados.
Te desejo sucesso e justiça em Deus.

W. Magalhães

6:24 AM  

Post a Comment

<< Home